O Day-After, uma nova normalidade

Uma nova normalidade, COVID-19

Numa altura em que se define o “day-after”, com a integração de uma estratégia de regresso a uma nova normalidade, a comunicação deve ser pensada de modo a demonstrar a resiliência e a continuidade do negócio, reforçando a visão estratégica e os objetivos de médio prazo da empresa, espelhando também a visão do seu crescimento. Neste novo paradigma surgem novas formas de divulgação, sejam elas através de iniciativas dos media ou através de redes sociais.

Com o lento retomar da atividade em muitos países, é também tempo de começar a pensar: como será o mundo após esta pandemia? Que impactos terá na vida diária, na democracia e até mesmo no panorama laboral? Como deverão as organizações reavivar um negócio num ambiente onde uma vacina ainda não foi descoberta e as economias ainda estão a vacilar?

Perante este contexto, é crucial que as empresas tenham presente que a nova normalidade não será equivalente à realidade laboral até agora conhecida. Numa situação incerta, é importante reconhecer que, a qualquer altura, o plano pode ter de ser alterado e que qualquer empresa pode necessitar de comunicar uma mudança de rumo, seja qual for a sua motivação. Mas, para tal e para que a estratégia estabelecida seja a mais adequada, é fundamental que se privilegie a comunicação interna e externa, pois manter os Colaboradores e Clientes informados sobre a evolução da empresa, preservando um canal de comunicação regular, é essencial para fomentar uma cultura de união.

Se, por um lado, não foi fácil tomar a decisão de trabalhar de forma remota e de reinventar toda a operação para acomodar um novo paradigma, trazido por uma situação de distanciamento social e pandemia. Por outro, será talvez ainda mais difícil voltar a incorporar processos perante um novo desafio, do regresso faseado ao trabalho presencial.

Neste sentido, as empresas deverão preparar-se, para esta nova normalidade, de modo a garantir a proteção dos colaboradores, aquando do regresso presencial aos locais de trabalho, no qual existem medidas que devem ser implementadas e tidas como fulcrais. O Avila Spaces, centro de negócios líder de inovação no mercado dos espaços de trabalho flexíveis em Portugal, criou a iniciativa WORK SAFE, um conjunto de medidas para garantir a proteção dos clientes no regresso aos seus espaços de trabalho partilhado. Neste momento, todas as organizações irão ter um novo desafio, pela frente, com o retomar lento e faseado das atividades laborais presenciais. Com isto, a gestão de equipas remotas continuará a ser fulcral, sendo mais importante do que nunca obter uma nova eficácia na coordenação de processos.

Em tempos como estes, a informação é muita e, por vezes, pode ser demasiada para a nossa capacidade de a processar. Para que os recursos utilizados sejam sempre os mais indicados e fidedignos, definimos alguns conteúdos que poderão ser úteis, a vários níveis: Media: pós-Covid-19 e Organizações pós-covid-19.

Por outro lado, a pandemia do coronavírus motivou os media a reinventar, uma vez mais, as suas iniciativas pagas, de modo a poder acomodar as novas necessidades digitais da atualidade. Desde então, várias são atividades de meios de referência que surgiram e que poderão ser interessantes para potenciar a comunicação da empresa nesta nova situação.

O COVID-19 – o day after, que faz parte dos BloomCast Content Series, é um documento desenvolvido pela BloomCast Consulting com o objetivo de fornecer alguns recursos relevantes para a situação atípica em que o mundo se encontra atualmente. Nele poderão encontrar várias dicas, exemplos e links para informação relevante para o negócio.

Faça o download aqui!